Menu

WEB RÁDIO
O E S T E
A melhor Rádio Online

  Crescimento no PIB agrícola é repercutido durante a BAHIA FARM SHOW 2017

12 JUN 2017
12 de Junho de 2017


A safra deste ano foi a principal responsável para o incremento do PIB agrícola nacional. O setor teve aumento de 13,4% neste trimestre, em relação ao passado

Araticum

Presentes na Bahia Farm Show 2017, maior feira agrícola do norte e nordeste do Brasil, os agricultores comemoraram a contribuição do agronegócio para a retomada da economia brasileira. Na quinta-feira, 01, durante o terceiro dia de feira, a retomada do crescimento econômico foi repercutida durante palestra do economista do Banco do Brasil, Elson Gomes. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) anunciou o crescimento de 1% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro neste primeiro trimestre do ano, em comparação ao trimestre anterior.

O agronegócio nacional teve um salto de 13,4% neste mesmo período. Gomes reforçou os aspectos favoráveis para o clima otimista entre os agricultores. “A safra recorde foi fundamental para esse cenário positivo. No ano passado, com o clima ruim, o setor chegou a encolher 6,6% prejudicado por uma colheita fraca de milho, algodão e cana de açúcar”, ponderou.

Na mesma oportunidade, o presidente da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), Júlio Cézar Busato, afirmou que “essas estimativas mostram claramente que a agricultura segue confiante, produzindo mais e exportando mais. O cenário é de otimismo”. A agropecuária registrou, ainda segundo os dados do IBGE, uma expansão em mais de 20 anos, sendo este o maior crescimento desde o 4º trimestre de 1996.

Para o presidente da Bahia Farm Show e da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), Celestino Zanella, os dados do PIB agrícola são resultados diretos da safra agrícola que trouxe um otimismo para o setor. “Depois de sucessivos períodos de estiagem, tivemos novamente as chuvas regulares com previsão de serem colhidas 7,7 milhões de toneladas de grãos no oeste da Bahia”, afirma. Até o encerramento da feira, neste sábado, 3, a previsão é que seja comercializado R$ 1 bilhão em negócios pelos mais de 200 expositores dos segmentos de máquinas, implementos, insumos, aviação e serviços.

Voltar


Tenha você também a sua rádio